Triatlo: Estoril Praia conquista Taça de Portugal

Agosto 9, 2018

O Estoril Praia venceu a edição 2018 da Taça de Portugal de triatlo. O feito foi confirmado após a Federação de Triatlo de Portugal ter sido obrigada a cancelar a oitava e última etapa que se disputaria em Viana do Castelo, a 2 de Setembro. Perante este cenário, os canarinhos anteciparam a festa e garantiram desde já o troféu.

"É um feito histórico e uma vitória justíssima. Das sete provas realizadas, disputámos todas e vencemos três. Merecemos este crédito. Não é fácil estar a disputar um troféu com clubes históricos quando chegámos à modalidade há apenas três anos. Num desporto individual, as vitórias por equipas dão muito trabalho. Este triunfo é especial porque resulta da soma de muitos sacrifícios individuais em nome do grupo", explica Filipe Mendonça, coordenador da secção de triatlo do Mágico.

Com o circuito concluído, o Estoril Praia conta por vitórias as provas disputadas em Grândola, Quarteira e Fundão.  Recorde-se que o troféu nem começou da melhor maneira para os canarinhos. Na primeira etapa, disputada em Leiria, a equipa da Linha de Cascais não foi além de um oitavo lugar. Era dia de tempestade na Lagoa da Ervedeira: muita chuva e vento forte baptizaram a estreia da equipa feminina e complicaram a vida aos homens. A equipa regressou a casa com a certeza de que depois da tempestade vem a bonança. E veio mesmo. Depois de Leiria, os "mágicos"revelaram-se a equipa mais consistente. O pódio da Taça de Portugal fica completo com o segundo lugar do Olímpico de Oeiras e o terceiro do Alhandra Sporting Clube.

"Sabíamos que para sonhar com a Taça teríamos de fazer opções e sacrifícios. A nossa equipa é curta para um calendário tão longo e cheio de provas. Fizemos escolhas, mobilizámos o grupo e conseguimos que a equipa percebesse que o clube é muito maior do que as ambições de cada um. Não temos é muito tempo para festejar porque o calendário não perdoa. Agora queremos conquistar o Campeonato Nacional de Clube de Longa Distância", assume o director técnico, Bruno Pais.

Também Rodrigo Baltazar, treinador da equipa desde o primeiro dia, revela o simbolismo desta vitória: "Não podemos estar mais contentes com este título. Vai ficar para sempre na nossa memória por ser o primeiro em termos colectivos. Representa bem os valores do clube e da equipa que tudo fez para conquistar esta taça.  Além disso é, para nós, uma maneira de retribuir ao clube, sócios e patrocinadores o apoio incansável que nos têm dado desde o início da modalidade. Eles também merecem esta taça. Agora vamos focar-nos noutro grande objectivo que é o campeonato Nacional de Longa Distância"

A próxima prova é o Campeonato Nacional de Média distância e disputa-se em Peso da Régua a 25 de Agosto.

Fotografia: Clarisse Henriques, FTP


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *